segunda-feira, 4 de julho de 2011

HOJE SÓ PRECISO DE SEU ABRAÇO...



Há certas horas, em que não
precisamos de um Amor
Não precisamos da paixão desmedida
Não queremos beijo na boca
E nem corpos a se encontrar
na maciez de uma cama
Há certas horas, que só queremos
a mão no ombro,
o abraço apertado ou mesmo
estar ali, quietinho, ao lado
Sem nada dizer
Há certas horas, quando sentimos
que estamos pra chorar, que
desejamos uma presença amiga,
a nos ouvir paciente,
a brincar com a gente,
Ou alguém que apenas diga:
Sou seu amor! E estou Aqui!

Um comentário:

  1. Há certas horas que não queremos um sim,
    apenas um " claro" !rs

    ResponderExcluir